Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sentir Sem Sentido

" Se a Vida não te sorrir, sorri Tu para ela."

" Se a Vida não te sorrir, sorri Tu para ela."

Sentir Sem Sentido

22
Mar09

Não sei...nada sei...e dói...dói...

sp

Não sei… nada sei… e dói… dói…

A ferida abre-se… tão lentamente… que a cada segundo dói mil vezes mais que antes…
Dói tanto… olhar e ver que és o passado constante, que está presente nos meus dias…
A noite permanece… o dia não tem forças e o sol não rasga os céus…
Quero ir embora daqui… deixar este mundo que nunca me pertenceu… mas que pensei que fosse meu… quero sair daqui… quero fugir de ti, de mim, do meu sentir…
Quero esquecer que te olhei, que sonhei, e que nos meus sonhos te amei…
Quero esquecer que quis esquecer o que senti…
Quero apagar as memórias apagadas por ti… que nunca existiram…
Quero esquecer que as estrelas me mentiram e que a lua me traiu…
Porque os sonhos não voaram, e eu não os pude alcançar…
Sonhei, sonhei em vão… amar, amar e voltar a amar ….
….
….
..................................................................................
15
Mar09

Desafio... Confiança

sp
Os meus amigos cuidandodemim, e o Alex,desafiaram-me. O desafio consiste em fazer um poema sobre a Confiança. Pois bem,foi o que me saiu....
 
 
Caí na tentação de te entregar
 
Os segredos que o meu olhar guardava.
Nos teus braços depositei a dor de amar, e,
Feridas que que o meu coração não apagava.
Inculquei em ti os meu dilemas,
Ao ponto de eles também serem teus.
Não me abandonaste e perguntaste apenas:
Ça va bien? - Oui. Graças a Deus! Por isso,
Ainda te confio as nossas alegrias, e os nossos problemas…
 

(Passo o desafio a quem gostar de poesia, e a todos os que se sentirem tentados....)

13
Mar09

Escolhas e Decisões

sp

Hoje o meu professor de portugês disse: “ A decisão que tomardes agora, na escolha do vosso curso, será determinante para o vosso futuro”. O problema é que esta escolha está a ser bastante difícil para mim. Primeiro, porque não tenho o total apoio dos meus pais, segundo porque os cursos que eu queria seguir levantam obstáculos. Desde que me lembro, sempre que me perguntavam o que queria seguir, eu respondia Direito. No entanto, hoje Direito aparece como um dos cursos que tem uma taxa elevada de desempregados. Um outro curso que me cativa, é Criminologia, mas tem um grande senão, a média é muito elevada, e eu não sei se vou conseguir melhorar a minha média. A partir daqui, surgem outras opções, mas que já não me cativam tanto, Turismo, Administração Pública, Gestão dos Recursos humanos …

Isto está mesmo complicado, e o pior é que já falta tão pouco tempo para decidir, e sinto que tinha mais certezas o ano passado, do que agora…

 

09
Mar09

Sinto-me inexplicavelmente perdida...

sp

 

Sinto-me inexplicavelmente perdida, a flutuar numa bolha de sabão transparente que voa pelo ar até lado nenhum… Estou tão saturada deste presente inalienável e preso a uma monotonia perturbadora, mas tão silenciosa… Uma multidão circunda-me todos os dias, falam para mim, eu respondo, sorriem-me e eu sorrio, mas não deixo de me sentir só… não deixo de sentir que um buraquinho profundo vai crescendo aos poucos, cada vez mais e mais, dentro de mim… este buraquinho magoa-me, magoa-me tanto… e não consigo enfrentá-lo e fazê-lo parar, porque ele próprio têm necessidade de se expandir, quando a ausência, a solidão e a dor, se unem e se sentam pertinho do meu coração… Queria expulsá-los de lá, mas não consigo… já não me sinto capaz para o fazer… A alegria, os sorrisos e a esperança, seguiram rumos diferentes, e não me acompanharam nesta caminhada… não sei se algum dia os voltarei a encontrar... não sei se algum dia voltarei a sonhar… não sei se algum dia voltarei a amar…

 

 

 

01
Mar09

Os dois desertos que me dividem

sp

 

 

Às vezes preciso de me sentir num deserto, preciso de permanecer lá uns quantos dias para voltar e regressar com as ideias no lugar. Há dois tipos de desertos. O primeiro é aquele a que eu me referi inicialmente, é um refúgio, um porto de abrigo, um momento para estar comigo própria, para me descobrir e para tentar perceber o que está a acontecer no mundo que me circunda e que me pertence. O outro, eu não gosto muito, é um deserto muito doloroso, que surge nos meus caminhos quando eu menos espero, e me suga para ele sem que a minha própria vontade queira. Neste momento sinto que metade de mim está no primeiro deserto, e que a outra metade está no outro. Por um lado sinto a felicidade irradiar dentro de mim, sinto o sol sorrir-me, sinto as estrelas brilharem e dar-me esperança, sinto força, sinto optimismo, sinto que o meu céu está totalmente preenchido. Mas por outro, por outro, sinto que falta uma estrela… a Estrela… capaz de preencher todos os buraquinhos do meu céu. E é no deserto inesperado que o meu coração permanece, distante da minha razão que está no seu refúgio…

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Para ti Carine...

Sempre que precisares, tens aqui toneladas de força para te ajudar... 10000000000000000000000000000

Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pensamentos...

"Amar não é aquilo que queremos sentir mas sim aquilo que sentimos sem querer"