.mais sobre mim
.Para ti Carine...
Sempre que precisares, tens aqui toneladas de força para te ajudar... 10000000000000000000000000000
.Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. " O Enigma e o Espelho"

. Porque viver é bom

. Bebo da vida as lágrimas ...

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
.Fazer olhinhos
.Pensamentos...
"Amar não é aquilo que queremos sentir mas sim aquilo que sentimos sem querer"
blogs SAPO
.subscrever feeds

Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009
" O Enigma e o Espelho"

 

 

"Choramos por coisas tristes. E deixamos também cair uma lágrima se uma coisa é bela. Rimos com algo engraçado ou feio. É provável que a beleza nos entristeça, porque sabemos que é efémera. E rimos com uma coisa feia porque sabemos que é apenas para ter graça. Os palhaços são engraçados devido à sua fealdade. Ao tirarem a máscara diante do espelho, tornam-se muito belos. Por isso mesmo, é que os palhaços parecem tão tristes e infelizes sempre que entram na sua caravana, fechando a porta com ímpeto, atrás de si."

 

Excerto retirado do livro " O Enigma e o Espelho" de Jostein Gaarder


sinto-me: pensativa
música: I wiil allays love you

publicado por sp às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|

Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009
Porque viver é bom

Sinto-me estranhamente confusa. Por um lado quero sorrir, estar aparentemente Feliz, estar bem com a vida e com os outros, respirar e expirar Paz, Amor, e Alegria. Por outro lado, e paralelamente a esta capa que tento construir todos os dias, o meu interior parece desmoronar-se lentamente, caindo silenciosamente a barreira entre o que sinto e que devia sentir. Tudo se mistura, e neste turbilhão de sentimentos, as certezas voam, voam e voam, e eu acabo por perde-las de vista. Se há uns dias atrás tudo parecia sorrir-me, hoje, e apesar do brilhante Sol que esta manha me acordou, tudo parece tristonho, e com uma lagrimazinha inconsolável ao canto do olho. Pergunto porque me sinto assim, e depois de várias soluções que rapidamente se apresentam na minha cabeça, uma resposta única é capaz de me responder: não existem motivos concretos para que assim esteja. Aliás, talvez tudo isto que sinto, seja o acumular de diversas situações que se vão sucedendo. Mas, o que são essas meras situações comparadas aos verdadeiros problemas que, por vezes, à minha volta se desenrolam? Terei eu motivos para deixar de sorrir? Não, claro que não. Porque hoje o dia está a sorrir para mim, e eu, não tenho razões suficientemente fortes para não sorrir para ele. Por isso, deixo que os raios de sol penetrarem o meu coração, e rasgo um sorriso e solto uma gargalhada. Porque viver é bom, porque viver faz-me bem.


sinto-me: a sorrir
música: Listen to your heart

publicado por sp às 15:10
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|

Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009
Bebo da vida as lágrimas que me oferecem

 

Bebo da vida as lágrimas que me oferecem,
Chorando os sorrisos que me roubam friamente.
Colho as sementes das palavras que se tecem,
Na doce manhã que chega tardiamente.
 
Dispo os meus dias das vestes do sofrimento,
Vestindo-os com seda, cor de mar e céu.
Rasgo-lhe pedaços seguindo o pensamento
Cubro por fim sua face com a nitidez de um véu.
 
Porque nada sei, mas de tudo tenho medo.
Porque corro e fujo no sentido contrário.
Porque embora esconda, já não é segredo,
Amo amando o amor, no imaginário.
 
Porque sonhar alegra a minha triste alma.
Porque amar seduz a vida de quem sonha.
Porque no fim da noite, perde-se toda a calma.
E eu, ainda amo amando sem escolha. 

sinto-me: amando sem escolha

publicado por sp às 21:42
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|