.mais sobre mim
.Para ti Carine...
Sempre que precisares, tens aqui toneladas de força para te ajudar... 10000000000000000000000000000
.Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Amar-te sorrindo para sem...

. Sou mar

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
.Fazer olhinhos
.Pensamentos...
"Amar não é aquilo que queremos sentir mas sim aquilo que sentimos sem querer"
blogs SAPO
.subscrever feeds

Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008
Amar-te sorrindo para sempre

Brilho na noite escura se me iluminas,

 
Mas se não estás perco-me de mim.
Sou ave livre, quando tu voas nas colinas,
Se não existes, também não existo assim.
 
Sorrio se és o meu sol presente,
Choro se as nuvens me separam de ti.
Não sou nada, estou somente
Neste triste sentir desde que te vi.
 
Mas pára. Olha para mim, estou aqui.
Aqui sim. Ao teu lado de coração aberto,
Esperando um dizer que te senti,
Querendo não ser um ser incerto.
 
Eu quero tanto, tanto ser feliz,
Amar, viver, sonhar contigo,
Acordar de manha e ver que fiz
Cumprir um sonho lindo antigo.
 
Devolve-me os meus sonhos que são teus,
Pois eles trazem presa a felicidade.
Vem abraçar-me, vem dar-me os céus,
Vem amar-me pra eternidade.
 
Não te quero amar assim tristonha,
Porque quem ama vive contente.
Por isso, esta é a minha escolha:
 
 
 
 
 
Amar-te sorrindo para sempre.

sinto-me: apaixonada sem querer

publicado por sp às 22:58
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

Domingo, 7 de Dezembro de 2008
Sou mar

 

 

 

O mar está triste hoje. Tenho pena!
Quem lhe terá magoado o interior,
Nesta manha tão calma e serena?
Teria sido Sereia ou Pescador?
 
Sussurram as águas ao marulhar,
Parecendo querer contar um segredo.
A noite cai. E surge o luar.
Nascem estrelas cintilantes sem medo.
 
Chora ternamente o mar tristonho,
Pois nele um inócuo barco navega.
Não quer acabar com o eterno sonho,
De um Príncipe e de uma Cinderela.
 
As ondas que beijam as rochas são calmas.
E são tão profundos os mistérios do mar.
Se o destino se encarregou de unir duas almas.
Quem é ele agora para as separar?

sinto-me:
música: por uma noite

publicado por sp às 23:18
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|