.mais sobre mim
.Para ti Carine...
Sempre que precisares, tens aqui toneladas de força para te ajudar... 10000000000000000000000000000
.Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Desculpa ter-te perdido!

. "Esta, meu amor, é a minh...

. Amo-te Mãe!

. Amor é mais que tudo, sim...

. Fechei os sentimentos, an...

. Mar... O meu refúgio

. Não sei...nada sei...e dó...

. Um miminho...

. Desafio... Confiança

. Escolhas e Decisões

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
.Fazer olhinhos
.Pensamentos...
"Amar não é aquilo que queremos sentir mas sim aquilo que sentimos sem querer"
blogs SAPO
.subscrever feeds
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008
Vai ser díficil,mas vou conseguir...

Nestes últimos dias tenho andado de mãos dadas com um turbilhão de sentimentos desagradáveis. Sinto-me triste, incompreendida, tenho vontade de pertencer ao céu... tudo porque tenho sonhos, e sinto que alguém me quer impedir de os realizar. Estou no 12º ano, na área de humanidades, sempre tive boas notas, e isso era motivo de orgulho para o meu pai, quando chegava a casa e lhe dizia, tive Muito Bom a matemática.  Porém os anos foram passando, e a criança que tinha boas notas deixou de existir para o meu pai. Essa menina, cresceu e quer voar.  Continuo a ter notas, não excepcionais, mas razoavelmente boas, e como tal acho que tenho capacidades de seguir os estudos e tirar um curso superior, como sempre quis. No entanto, quando este assunto é abordado cá em casa, o meu pai vem com o discurso " há muitas vinhas para cavar". De certa forma, eu percebo o motivo que o leva a dizer isto, eu sei que a nível económico as coisas não estão fáceis cá em casa, mas também nunca foram.  E o importante nunca nos faltou, o amor, o carinho sempre estiveram presentes. Eu só queria que eles me ajudassem a dar este passo na minha vida, eu posso trabalhar enquanto estudo... Mas não me tirem a esperança de tirar o meu curso, de subir na vida da forma mais digna possível... Eu sei que vai ser difícil, mas eu vou conseguir...   


sinto-me: com força para lutar

publicado por sp às 17:19
link do post | comentar | favorito
|

9 comentários:
De david. a 8 de Dezembro de 2008 às 17:38
Se esta historia não é mais uma ficcionada, lol, devo dizer que também conheço uma situação semelhante na minha familia... Mas como disseste, verás que consegues.

Tive a explorar e tens um blog fixe! =p
E desculpa comentar assim...


De sp a 8 de Dezembro de 2008 às 23:11
Lol, não esta infelizmente não é ficcionada, quer dizer infelizmente não é bem assim, porque aquilo que custa mais a conquistar da mais gozo... e sim vou conseguir, nem que primeiro tenha de cavar..lol...
E não tens que pedir desculpa por comentar assim...


De O Diário da Joana a 8 de Dezembro de 2008 às 21:23
Adorei o seu blog.. tao lindo.. tao sentimentalista...
Gostei deste texto (desabafo) .. escrevs com tanto sentimento...
A vida nao é um mar de rosas.. é uma mistura de sentimentos.. e neste momento estás a passar uma fase menos boa... em que sentes que o mundo nao te compreende, nao é??? Olha para a frente, sempre, força, luta pelos teus sonhos...

Visite e comente o meu blog... www.odiariodajoana.blogs.sapo.pt
Pode ser que os meus "desabafos te possam ajudar, espero...!


De O Diário da Joana a 8 de Dezembro de 2008 às 21:23
Desculpa a invasao...


De sp a 8 de Dezembro de 2008 às 23:14
Olá, antes demais não tens que pedir desculpa pela "invasão", sim é verdade estou numa fase menos boa, rodeada de duvidas de incertezas de problemas, mas tambem o que seria a vida sem obstaculos, não tinha piada nenhuma...
Obrigado pela força que deixas nas tuas palavras, acredita que ajudam...
Beijinhos


De cuidandodemim a 9 de Dezembro de 2008 às 14:18
Claro que vais conseguir, tu és inteligente e esperta e, com essa força devontade ninguém te pára.
Tem uma conversa sincera e calma com os teus pais. Diz-lhes o que te vai na alma. Tenho a certeza que te vão compreender, ajudar e apoiar. Juntos vão decidir o que é melhor para a tua vida, afinal de contas eles são teus pais e querem o melhor para ti.
Bjns


De sp a 9 de Dezembro de 2008 às 16:58
Obrigado pelas tuas palvras.. sim, acho que força de vontade não me falta. Eu sei que eles querem o melhor para mim, mas ás vezes esquecem-se de demonstrar isso..
Beijinhos


De Cloudy a 9 de Dezembro de 2008 às 14:31
Fiquei sem palavras... Eu sei que o vais conseguir. Comigo também foi assim, tal e qual como estás a descrever. Não desistas nunca! Eu também trabalhei desde o segundo ano da faculdade. Todos os fins de semana trabalhava em supermercados. Não fiz o curos em cinco anos, fiz em seis, mas cheguei ao fim! Tudo é possível desde que não se desista dos nossos sonhos. Um abraço e coragem. Beijinhos!


De sp a 9 de Dezembro de 2008 às 17:00
Obrigado por acreditares em mim. O teu exemplo ajuda-me a acreditar ainda mais que vai ser possível. Desistir dos sonhos nunca... aliás por isso é que continuo a estudar... (os livros de história chamam-me...) Obrigada pela força e pela coragem que me transmites.
Beijinhos


Comentar post